CORNÉLIO PROCÓPIO

Arrastão nos bancos busca apoio para defender a aposentadoria

A  atividade na agência da Caixa foi um dos pontos altos do Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência em Cornélio Procópio A atividade na agência da Caixa foi um dos pontos altos do Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência em Cornélio Procópio
sexta-feira, 22/03/2019

Elizeu Marcos Galvão, presidente do Sindicato de Cornélio Procópio, durante a entrega de material informativo no Calçadão

O Sindicato de Cornélio Procópio percorreu todas as agências bancárias da cidade neste Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência pública e universal, entregando aos bancários, bancárias e clientes um folheto com as principais mudanças nas regras da aposentadoria.

A atividade também foi feita no Coreto do Calçadão de Cornélio, onde dirigentes da entidade distribuíram o material para a população em geral e explicaram o que o governo Jair Bolsonaro (PSL) pretende fazer com a Previdência Social.

“As pessoas não estão esclarecidas sobre o que vai ser essa reforma e como ela vai prejudicar suas vidas. O governo está divulgando informações mentirosas, de que vai acabar com privilégios e que isso vai gerar empregos, mas tudo isso não é verdade”, afirma Elizeu Marcos Galvão, presidente do Sindicato de Cornélio Procópio.

De acordo com Elizeu, as mudanças nas regras dificultarão a aposentadoria de milhões de brasileiros e brasileiras, em especial os mais jovens, e isso vai reduzir o dinheiro em circulação no País prejudicando a economia, principalmente dos pequenos municípios.


O diretor do Sindicato, Ivaí Lopes Barroso, apontou os riscos
que a proposta de reforma trará para a aposentadoria

“Hoje, os benefícios da aposentadoria do trabalhador rural e o BPC (Benefício de Prestação Continuada) servem de sustentação para muitas cidades do interior do Brasil, pois não têm indústrias ou empresas que possam gerar empregos e impostos. Sem essa renda, no futuro esses municípios verão o comércio fechar as portas, porque a população carente não terá mais condições de consumir, ampliando assim a miséria no País”.  

Entre nesta luta em defesa da aposentadoria digna nas redes sociais. Compartilhe a hastag #LutePelaSuaAposentadoria

Para mais informações sobre a luta contra a reforma da Previdência, acesse o site da CUT: REAJA AGORA!

 Por Armando Duarte Jr.         

COMPARTILHE