#QUEROMEAPOSENTAR

Atividades em Apucarana e Arapongas buscam apoios em defesa da aposentadoria

Com faixas e material informativo dirigentes do Sindicato de Apucarana mobilizaram a população em defesa da aposentadoria Com faixas e material informativo dirigentes do Sindicato de Apucarana mobilizaram a população em defesa da aposentadoria
quinta-feira, 18/04/2019

Banner informa à população de Arapongas o posicionamento dos deputados federais do Paraná em relação à reforma

Seguindo as orientações da CUT e das demais Centrais Sindicais, o Sindicato de Apucarana realizou atividades esta semana em defesa da Previdência Social universal e solidária, mobilizando a população a pressionar o Congresso Nacional a rejeitar a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 6/2019, que muda as regras da aposentadoria da Classe Trabalhadora e a assistência de idosos e pessoas com deficiência.

Nos dias 16 e 18, dirigentes do Sindicato recolheram assinaturas no Centro de Apucarana no documento contra a reforma proposta pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). Na quarta-feira (17), a atividade foi realizada em Arapongas, com a coleta de apoios em defesa da Previdência Pública e distribuição de material informativo à população.


Na atividade foram explicadas aos trabalhadores da ativa e aposentados as consequências da reforma

“O governo está jogando pesado para aprovar a PEC 6 de forma rápida na Câmara dos Deputados ainda neste semestre. O objetivo e seguir o ritmo da reforma trabalhista de Michel Temer, que mudou mais de artigos da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) sem que houvesse um amplo debate com as Centrais Sindicais ou mesmo com a sociedade sobre a dimensão das mudanças que foram aprovadas de acordo com os interesses dos grandes grupos empresariais do País”, compara José Roberto Brasileiro, presidente do Sindicato de Apucarana.

Para Brasileiro, se não houver pressão a Classe Trabalhadora e as camadas mais necessitadas da população brasileira perderão o direito de se aposentar. “É preciso cobrar um posicionamento dos deputados e senadores do Paraná contra essa reforma, compartilhar materiais e informações nas redes sociais para que todos tomem conhecimento do que vai representar a mudança nas regras da Previdência”, ressalta.

Veja mais informações sobre a mobilização contra a reforma da Previdência no perfil do Comitê Estadual em Defesa da Aposentadoria  https://www.facebook.com/comitequeromeaposentar/

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE