GANÂNCIA SEM LIMITES

Em meio à crise do coronavírus, Itaú continua demitindo

Em meio à crise do coronavírus, Itaú continua demitindo
sábado, 21/03/2020

O Itaú demitiu na última segunda-feira (16/03) um bancário em Londrina, em meio à crise do novo coronavírus em que as autoridades estão tomando diversas medidas para proteger as pessoas, garantir seu sustento e dos familiares.

Sem coração e qualquer respeito com seus funcionários, o banco que obteve R$ 28,5 bilhões em 2018, segue mandando pais e mães de família para o olho da rua sem se preocupar o que isso significa para a sociedade.

“Estamos cobrando dos bancos ações para conter a disseminação do coronavírus, sabendo que todos estão muito preocupados com essa doença, não havendo clima para cobrança de metas e nem mesmo para demissões, porque a situação é muito preocupante”, afirma Eunice Miyamoto, secretária de Saúde do Sindicato de Londrina.

Segundo Eunice, a demissão no Itaú ocorreu dias depois de a OMS (Organização Mundial da Saúde) ter considerado o novo coronavírus uma pandemia.

“Sem dúvida, falta sensibilidade do banco, numa total dissonância com o momento em que as pessoas estão fragilizadas e que a solidariedade precisa estar presente em todas as relações, até mesmo entre patrões e empregados”, salienta.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE