Sancionada Lei que restringe uso de celulares nos bancos

A presidenta do Sindicato de Londrina, Regiane Portieri, agradece o vereador Nantes (à esq.), na cerimônia de assinatura da Lei 12.562, sancionada pelo prefeito Marcelo Belinati A presidenta do Sindicato de Londrina, Regiane Portieri, agradece o vereador Nantes (à esq.), na cerimônia de assinatura da Lei 12.562, sancionada pelo prefeito Marcelo Belinati
sexta-feira, 06/10/2017

O vereador Nantes falou sobre a importância da nova Lei para melhorar a segurança nos bancos de Londrina

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, assinou a Lei que restringe o uso de celulares nos bancos

O uso de celulares, rádios comunicadores ou dispositivos similares nas áreas das agências e PABs (Postos de Atendimento Bancário) de Londrina onde houver movimentação de dinheiro agora é disciplinado pela Lei 12.562, sancionada pelo prefeito Marcelo Belinati (PP).

Clique aqui para ler a Lei 12.565/2017.

De autoria do vereador Ailton da Silva Nantes (PP), o texto também estende a proibição às salas de autoatendimento e fixa multa de R$ 2 mil à agência que infringir esta Lei.

A assinatura da Lei do Celular ocorreu em cerimônia realizada tarde desta sexta-feira (6/10), na Sede Administrativa do Sindicato de Londrina, com a participação do prefeito, do vereador Nantes, representantes do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e do Itaú, além de dirigentes de outras entidades sindicais, dentre eles o presidente do Sindicato dos Vigilantes de Londrina, Orlando de Freitas.

A presidenta do Sindicato de Londrina, Regiane Portieri, elogia a iniciativa do vereador Ailton Nantes, que é funcionário aposentado do Banco do Brasil, por melhorar a segurança nos bancos.

“Esta Lei coíbe os chamados crimes de ‘saidinha de banco’, no qual o cliente saca grande quantidade de dinheiro e depois é atacado quando sai, porque alguém dentro da agência deu a dica para o seu comparsa que está lá fora”, explica.

A nova legislação entrará em vigor em janeiro de 2018 e até lá os bancos deverão providenciar cartazes e material informativo a respeito da restrição do uso de celular nos locais onde houver movimentação de numerário.

Por Armando Duarte Jr. 

COMPARTILHE