FUNDO DO POÇO

Endividamento das famílias brasileiras é tema de capa do Vida Bancária

Endividamento das famílias brasileiras é tema de capa do Vida Bancária
terça-feira, 09/11/2021

A edição digital do Vida Bancária desta semana aborda pesquisa feita pela CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), que revela a situação dos brasileiros na crise econômica que afeta o País enquanto os bancos batem novos recordes de lucros.

De acordo com a Peic (Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor) no mês de outubro o endividamento chegou a 74,6%, o que representa que 12 milhões de famílias tinham dívidas a saldar. Este índice foi o maior já registrado pela Peic nos 11 anos em que esta pesquisa vem sendo feita.

Para Felipe Pacheco, presidente do Sindicato de Londrina, faltam políticas de geração de emprego e renda, necessárias para recuperar o poder de compra das famílias, além de programas sociais voltados para aqueles que já estão em situação de miséria, sem a mínima condição de se alimentar ou mesmo ter um lugar para morar. “O Brasil precisa de um governo que se preocupe com as camadas mais pobres da população, que invista no setor produtivo, colocando em segundo plano os interesses dos bancos e de outros setores que se aproveitam da crise para elevar ainda mais suas riquezas”, ressalta.   

Clique aqui para baixar a edição digital.

Aprovada proposta para o Saúde Caixa

Matéria na pág. 2 relata a aprovação pela maioria das Assembleias dos empregados e empregadas de Caixa em todo o País da proposta para o Plano de Saúde. Foi mantido o princípio de solidariedade e o pacto intergeracional, além da atual proporcionalidade de custeio (30/70), entre outros pontos.

Ainda sobre a Caixa, o Vida traz informações sobre as negociações específicas realizadas com o banco no dia 27/10, e a consulta que está sendo feita no site da Funcef para levantar a opinião dos participantes a respeito da resolução 30/10 do CNPC (Conselho Nacional de Previdência Complementar). Os empregados podem votar até às 18h de quarta-feira (10).

Leia também nota sobre a doação de cadeiras pela agência da Avenida Higienópolis, do Banco do Brasil, para o Hospital do Câncer de Londrina.

Santander paga indenização de R$ 50 a ex-bancária

O destaque na pág. 3 é a condenação do Santander, nas três instâncias da Justiça do Trabalho, pela imposição de metas e abusivas e submeter uma bancária que atuava na cidade de Pouso Alegre (MG) a situações vexatórias.

Matéria sobre o Bradesco convoca funcionários e funcionárias a participarem das Assembleias virtuais, das 8h desta terça-feira (9), até às 18h da quarta-feira (10), para deliberar a respeito da renovação do Acordo Coletivo sobre o programa CIPA 2021/2022. Para votar, acesse o link https://bancarios.votabem.com.br/.

Saiba ainda sobre detalhes do lucro do Itaú até o terceiro trimestre de 2021. Em meio à crise que afeta o País, o banco obteve lucro líquido de R$ 19,7 bilhões, o que representa alta de 50% na comparação com o período anterior.

Sócios da crise

Na pág. 4, o Vida Bancária traz informações sobre os R$ 31,6 bilhões que a Petrobras vai pagar aos acionistas em dezembro deste ano a título de dividendos. Essa farra ocorre no momento em que brasileiros e brasileiras assistem atônitos sucessivos aumentos nos preços dos combustíveis.

O tema da coluna de Saúde desta edição aborda a portaria do Ministério do Trabalho e Previdência do governo Bolsonaro, que proíbe empregadores de cobrarem a vacinação contra a Covid-19 de seus funcionários. Essa medida está sendo questionada no Congresso Nacional e por outros setores, podendo ser cassada em breve.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE