AB DE PORTAS ABERTAS

Dia 16/10 vote Chapa 1 na eleição da Associação Brasil

Dia 16/10 vote Chapa 1 na eleição da Associação Brasil
quarta-feira, 06/10/2021

A Contraf-CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro), assim como os Sindicatos do Vida Bancária e diversas outras importantes entidades de representação dos ex-funcionários do Bamerindus, apoiam a Chapa 1 - AB de Portas Abertas, na eleição para definir a Diretoria da AB (Associação Brasil).

A votação ocorrerá durante a Assembleia Geral da AB, no dia 16 de outubro, em Curitiba. Associados e associadas que não puderem comparecer podem enviar procuração aos Sindicatos para representa-los no pleito.

A Chapa 1 tem à frente Luciano Ramos, funcionário do Bradesco em São Paulo e dirigente da Fetec-CUT/SP (Federação dos Bancários da CUT do Estado de São Paulo) e o candidato a vice-presidente é Deonísio Schmidt, presidente da Fetec-CUT/PR.

“Estamos a poucos dias da eleição da AB, que conta com nove clubes e um patrimônio maior que R$ 100 milhões. Infelizmente, tudo isso é gerido atualmente por negacionistas, que têm como missão de vida falar mal da organização dos trabalhadores e trabalhadoras. Temos uma Chapa com representantes de todas as regiões do País, mulheres e homens da ativa e aposentados, enquanto a chapa deles só tem aposentados da região de Curitiba e nenhuma mulher. Precisamos de apoio e voto, mesmo que for por procurações, para vencer esta eleição”, ressalta Luciano.

Intervenção judicial

A eleição da AB estava marcada para ocorrer no dia 24 de julho, mas o Tribunal de Justiça do Paraná suspendeu a Assembleia Geral, atendendo reivindicação do movimento sindical bancário.

A atual diretoria convocou a eleição às pressas, em meio à pandemia, exigindo a presença dos associados na Assembleia em Curitiba. Com a ação do movimento sindical, a Justiça determinou a opção do voto por procuração.

A Associação Brasil, antiga Associação Bamerindus, é mantida pelos ex-funcionários do banco Bamerindus, incorporado em 1998 pelo HSBC e depois, em 2016, pelo Bradesco.

Fonte: Contraf-CUT

COMPARTILHE