Bradesco teve lucro de R$ 21,5 bilhões em 2018. PLR será paga dia 6/02

O Bradesco registrou alta de 13,4% no lucro líquido de 2018 em comparação com o valor apurado no ano anterior O Bradesco registrou alta de 13,4% no lucro líquido de 2018 em comparação com o valor apurado no ano anterior
quinta-feira, 31/01/2019

O Bradesco fechou o exercício financeiro de 2018 com um lucro líquido de R$ 21,564 bilhões, o que representa uma alta de 13,4% na comparação com o valor apurado em 2017. No último trimestre do ano, o lucro ajustado foi de R$ 5,830 bilhões.

Conforme revela o balanço, a carteira de crédito expandida do banco somou R$ 531,615 bilhões, projetando um crescimento de 7,8% em 12 meses. Já as PDDs (Provisões para Devedores Duvidosos) e “impairment” (baixa contábil) de ativos financeiros totalizaram R$ 14,5 bilhões.

PLR antecipada

Diante desse espetacular resultado, o Bradesco enviou comunicado aos funcionários e funcionárias anunciando a antecipação da PLR (Participação nos Lucros e Resultados) para o dia 6 de fevereiro. Pela CCT (Convenção Coletiva de Trabalho), os bancos têm prazo até o dia 1º de março para efetuar o pagamento desse direito.

Ainda de acordo com o comunicado interno, que teceu diversos elogios aos bancários e bancárias no empenho para que esse excelente resultado fosse alcançado, o Bradesco vai pagar o valor máximo da PLR previsto na CCT.

“A antecipação é bem vinda e vai ajudar todos a equilibrar suas contas, mas esperamos que o banco aproveite esse momento para atender as nossas reivindicações específicas, adotando outras medidas que valorizem de fato aqueles que trabalham para elevar seus lucros, além de solucionar os graves problemas de falta de pessoal que existem nas agências de todo o País”, sugere Valdecir Cenali, diretor do Sindicato de Londrina e representante do Vida Bancária na COE (Comissão de Organização dos Empregados) do Bradesco.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE