#QuemLucraNãoDemite

Dia de Luta Contra Demissões no Bradesco mobiliza o País

Dia de Luta Contra Demissões no Bradesco mobiliza o País
quinta-feira, 26/11/2020

Manifestação do Sindiato de Apucarana em Arapongas denuncia a ganância do Bradesco

A agência da Avenida Tiradentes está paralisada no Dia de Luta Contra as Demissões no Bradesco

Sindicatos de diversas regiões do País participam nesta quinta-feira (26/11), de mais um Dia Nacional de Luta Contra as Demissões no Bradesco e a falta de compromisso do banco ao dispensar milhares de funcionários e funcionárias em plena pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Dirigentes do Sindicato de Apucarana realizam protesto na agência Centro do Bradesco em Arapongas, denunciando com faixas a ganância do banco que já lucrou mais de R$ 12,6 bilhões este ano, mas mesmo assim continua mandando para o olho da rua pais e mães de família.

O Sindicato de Londrina participa da mobilização com paralisação da agência da Avenida Tiradentes. Segundo Valdecir Cenali, diretor do Sindicato de Londrina e representante do Vida Bancária na COE (Comissão de Organização dos Empregados) do Bradesco, na base da entidade já foram demitidos 42 bancários e bancárias nos últimos meses.

“A campanha contra essa onda de demissões está desmascarando a imagem de banco do futuro que o Bradesco vem tentando passar nas suas publicidades em horário nobre na TV. Estamos nas ruas e nas redes sociais para denunciar a cachorrada do banco ao não respeitar a pandemia, nem mesmo a situação em que se encontra o País, dispensando cerca de 2,6 trabalhadores às vésperas do Natal sem se preocupar com o destino deles e dos seus familiares.

A campanha contra as demissões no Bradesco também está ocorrendo nas redes sociais e figuraram entre os assuntos mais comentados do Twitter na última terça-feira (24). O tuitaço chamou a atenção de vários veículos de comunicação, com as hashtags #QueVergonhaBradesco e #QuemLucraNãoDemite entre as mais postadas.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE